Roteiro Lisboa Árabe – viagem à descoberta de al-Lixbûnâ

Reservar Roteiro
19.09.2020 (sábado) – 15,00H

Venha numa viagem no tempo, à descoberta do que resta de al-Lixbûnâ, a Lisboa arábico-islâmica-moçárabe medieval, com passagem pelos sítios mais emblemáticos da cidade, com destaque para as ruas e ruelas de Alfama e Mouraria, dos vestígios arqueológicos ao traçado dos antigos bairros islâmicos, da Alcáçova, da antiga Mesquita, da cerca Moura, das alcaçarias e das moçarabias.

 

Roteiro

No Séc. VIII Al-usbuna era com toda a certeza defendida pelo castelo, por uma muralha em volta da cidade e foi tomada por Abdal Azziz, filho de Musa governador de Ceuta que participou na invasão muçulmana da península Ibérica. Mais uma vez Lisboa conhecida pelas árabes por Al-Usbuna torna-se um grande centro administrativo e comercial para as terras junto ao Tejo, recolhendo os seus produtos e trocando-os por produtos do mediterrâneo árabe sendo que a cidade na época atingiu o seu apogeu no Séc. X.

A maioria dos habitantes converte-se à língua árabe e à religião muçulmana que se instala como elite. A população cristã – os Moçárabes, eram os cristãos ibéricos principalmente católicos romanos que praticavam o rito visigótico, não se converteram ao Islão, mas adoptaram elementos da língua e da cultura árabe. Os moçárabes tinham o seu próprio Bispo que seguia o rito moçárabe de tradições visigóticas, falavam o Moçárabe uma variante do latim vulgar e do árabe muito semelhante ao que se falava na altura na Galiza, eram tolerados pelos árabes mediante o pagamento de um imposto.

Aqui também estava estabelecida desde os fenícios uma comunidade judaica que na época é grandemente reforçada por Judeus que aqui se estabelecem como mercadores e financeiros aproveitando assim a elevação da cidade a um núcleo comercial com bastante destaque. Além do sal, do peixe do comércio de cavalos, também se negociavam especiarias, plantas medicinais, frutos secos, mel e peles.

Os árabes introduzem nos arredores da cidade, nas encostas, a sua agricultura, as águas do Tejo e os seus afluentes irrigam a terra produzindo várias colheitas por ano de vegetais como as alfaces e de frutos tais como as laranjas

Assim Lisboa é renovada e reconstruída segundo os padrões árabes, tem uma grande Mesquita, um Castelo no topo da colina, um Palácio para o Governador (alcáçova), uma almedina ou centro urbano e um Alcácer.

Programa
  • 19.09.2020 (sábado)
  • 15,00h | Encontro na Rua Chão da Feira – Muralha do Castelo S. Jorge – Lisboa
  • 15,15h | Pontualmente, início da visita guiada ao património e vestígios arábico-islâmica-moçárabe medieval do Castelo, cerca Moura, Alfama e Mouraria
  • 17,30h | Lanche na Baixa Pombalina

 

 

Condições de Reserva

Incluído no Roteiro: visita orientada com guia profissional, aparelho rádio guia, entrada nos espaços indicados, lanche tradicional, seguro de responsabilidade civil e acidentes pessoais para a actividade.

Não Incluído no Roteiro: transporte até ao ponto de encontro.

Recomendações: levar água potável e uso de roupa /calçado apropriado às condições climatéricas.

  • Devido ao distanciamento social, a visita poderá ser realizada em 2 grupos de 10 participantes no máximo total de 20 Pessoas.
  • Obrigatório Inscrição, por estar reservado exclusivamente para a Explore Latitudes
  • Valor do Roteiro – 15,00€ /pessoa
  • Incluído no Roteiro: Visita Guiada ao património, Entrada nos espaços, Rádio guias, Lanche, Seguros para a atividade.
  • Jovens até 18 anos – 10,00€
  • Crianças até 10 anos – Gratuito

 

Condições, Regras Sanitárias e Socias COVID-19 – Declaração Estabelecimento SAUDÁVEL & SEGURO Registo nº 549/2014 EXPLORE LATITUDES EVENTOS CULTURAIS, LDA

 

Formação a todos os colaboradores
Todos os Colaboradores receberam informação e/ou formação especifica sobre e protocolo interno e como cumprir as precauções básicas de prevenção e controlo de infeção relativamente ao surto de coronavírus COVID-19.

Informação a todos os Clientes
Está disponibilizada a todos os clientes como cumprir as precauções básicas de prevenção e controlo de infeção e qual o protocolo interno relativo ao surto de coronavírus COVID-19.

A empresa possui
Equipamentos de proteção (máscara) individual em número suficiente para os trabalhadores envolvidos nas atividades e proteção individual disponível para clientes (capacidade máxima dos grupos).

O protocolo interno de limpeza e higienização garante
Fornecimento de higienizadores de mãos à base de álcool, sempre que se justifique, aos participantes nas atividades e higienização ou desinfeção dos equipamentos utilizados.

A organização do serviço assegura
A manutenção da distância social de segurança e a limitação do n.º de entradas em espaços fechados aos participantes nas atividades, de acordo com as recomendações da Direção Geral de Saúde.

 

Informações: 217 264 179 ou 918 959 584 ou info@explore-latitudes.pt

EXPLORE LATITUDES EVENTOS CULTURAIS, Lda
NIPC 510 955 380
RNAAT n.º 549/2014
Membro Associação Turismo de Lisboa

Fotos
7 viajantes estão a ponderar comprar!